Operação ‘Estiagem’ leva ajuda humanitária a mais 854 famílias ribeirinhas

Auxílio pretende beneficiar 81 comunidades da capital

(Foto – Altemar Alcântara / Semseg)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM – A Prefeitura de Manaus realizou, ao longo de quarta-feira, 15/11, a entrega de cestas básicas e água potável a dez comunidades ribeirinhas afetadas pela vazante histórica. Dessa vez, mais 441 famílias foram assistidas durante a ação, que faz parte da segunda fase da operação “Estiagem”, iniciada nesta semana.

Ao todo, 854 famílias receberam ajuda humanitária em dois dias de trabalhos, capitaneados pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), por meio da Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil Municipal (Sepdec).

As ações devem continuar durante todo o mês de novembro, até que cheguem a 81 comunidades ribeirinhas catalogadas na capital, que enfrentam grande dificuldade para obter mantimentos em razão da estiagem histórica.

“Eu acredito que, entre dez e 15 dias, a gente consiga chegar às 81 comunidades. Vamos voltar onde já estivemos. Tanto a zona ribeirinha, quanto a área terrestre, serão visitadas nesse trabalho que nós ampliamos. Então, buscamos alcançar o maior número de comunidades possíveis, para atender essa população que tanto precisa”, destacou o prefeito David Almeida.

As comunidades contempladas na quarta-feira foram: Igarapé Açuzinho, Maravilha, São Tomé, Monte Sinai do Igarapé Açu, Três Unidos, Nova Canaã do Cuieiras, Nova Esperança do Cuieiras, Boa Esperança do Cuieiras, Barreirinha e São Sebastião do Cuieiras.

Foto – Altemar Alcântara / Semseg 

Já na última terça-feira, 14/11, 413 famílias de sete comunidades ribeirinhas da capital também foram atendidas. O auxílio chegou aos residentes das comunidades Nova Esperança do Apuaú, Santa Isabel do Acariquara, São Francisco do Aruaú, Nova Canaã do Aruaú, Nova Jerusalém do Mipindiaú, Lindo Amanhecer e Coração de Maria.

Os servidores do Fundo Manaus Solidária (FMS) e das secretarias municipais de Educação (Semed), de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc) e da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), estão dando apoio às equipes da Semseg nesta fase da operação, que conta com o aporte de R$ 3,6 milhões, do governo federal, via Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR).  

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido Jonas Santos (92) 99229-8831