Audiência Pública da ALE/AM discute providência sobre qualidade da água de Parintins

Governo do Estado apresentou relatório indicando a contaminação dos poços

Audiência Pública da Aleam em Parintins discute providências para resolver a situação da qualidade da água (Foto: Tiago Corrêa/UGPE)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM – Audiência Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), realizada nesta sexta-feira (1º/12) para discutir a qualidade da água em Parintins (a 369 km de Manaus), mobilizou moradores e autoridades do município. A audiência foi motivada por estudo que apontou a contaminação de 22 dos 26 poços tubulares que fornecem água para a cidade. 

O Governo do Estado foi representado na reunião pela Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) e pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), órgãos vinculados à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb), além da Fundação de Vigilância em Saúde Dra Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). Esses órgãos foram responsáveis pelo estudo realizado.  

O diretor-presidente da Cosama, Armando do Vale, disse, na ocasião, que é necessário proceder, de forma emergencial, a limpeza dos poços e a cloração da água. Em nome do governador Wilson Lima, colocou o órgão à disposição para ajudar a resolver o problema. “O Governo do Estado está comprometido e disponível para ajudar”, afirmou.  

A reunião foi proposta pelo deputado estadual Sinésio Campos, presidente da Comissão de Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento da Aleam. Contou, ainda, com a participação do prefeito de Parintins, Bi Garcia, do subcoordenador de Planejamento da UGPE, Leonardo Barbosa, e da diretora-presidente da FVS, Tatiana Amorim. Também participaram representantes da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas (Procon-AM), Serviço Geológico do Brasil e Defensoria Pública do Amazonas. 

O saneamento básico, uma responsabilidade do município, é conduzido, em Parintins, pelo Serviço Autônomo de Água de Esgoto (SAAE). Dentre as propostas apresentadas na audiência, foi detectada a necessidade de fortalecimento do SAAE, a busca de parceiros qualificados para aprimorar o serviço, a construção de Estação de Tratamento de Água (ETA) e de Efluentes (ETE), além da perfuração de novos poços.  

As propostas pontuadas foram encaminhadas para a Comissão de Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento da Aleam, assim como para a Prefeitura de Parintins. O prefeito Bi Garcia informou que providenciará, junto à Cosama, a cloração da água e se comprometeu a apresentar um Termo de Cooperação Técnica, para que possa ser assinado com o Governo do Estado para os encaminhamentos necessários.  

O subcoordenador da UGPE destacou que, assim que receberam o resultado da análise da água, comunicaram a Prefeitura do município. “Informamos para fins de conhecimento e recomendamos as medidas emergenciais necessárias para a solução do problema “, ressaltou. 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido Jonas Santos (92) 99229-8831