Em Parintins, Polícia prende dono de escola de futebol por estupro contra alunas

Compartilhe

Suspeito costumava oferecer dinheiro e presentes para cometer os atos; vítimas têm entre 11 e 12 anos

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM – A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada de Polícia (DEP), de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), cumpriu, nesta segunda-feira (15/05), mandado de prisão preventiva contra o dono de uma escola de futebol, de 63 anos, por estupro de vulnerável praticado contra três meninas com idades entre 11 e 12 anos. A prisão ocorreu na rua Nhamundá, bairro Palmares, naquele município.

De acordo com a delegada Marna de Miranda, titular da DEP, as investigações iniciaram após a mãe de uma das vítimas ir até a delegacia registrar um Boletim de Ocorrência (BO) contra o homem, informando que havia tomado conhecimento de um vídeo em que ele aparecia praticando atos libidinosos com sua filha.

“Constatamos que o suspeito é dono de uma escola de futebol e as vítimas faziam parte de sua equipe. Ele se aproveitava disso para cometer os atos libidinosos, e também costumava dar dinheiro e presentes para elas”, explicou Marna.

A autoridade policial relatou que ele estava sendo investigado desde o dia 5 de maio deste ano, e com base nos indícios de autoria, a prisão dele foi representada à Justiça e a ordem judicial foi decretada no Plantão Judiciário da Comarca de Parintins.

“As investigações continuarão para saber se há outras vítimas. As três menores estão sob os cuidados das famílias e contam com o apoio da delegacia especializada”, informou a delegada.

Procedimentos

O homem responderá por estupro de vulnerável e ficará à disposição do Poder Judiciário.


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *