Nos EUA, Alberto Neto e E. Bolsonaro reúnem com deputado estelionatário sobre ‘liberdade de expressão’

Amazonas vive seca extrema e Manaus encoberta por fumaça, enquanto deputado denuncia nos Estados Unidos o que ele chama de ‘falta de liberdade de expressão no Brasil’

Nos EUA, Alberto Neto e E. Bolsonaro reúnem com deputado estelionatário sobre ‘liberdade de expressão’ (Foto: Reprodução)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM – O deputado estadual, capitão Alberto Neto (PL-AM), anunciou nas suas redes sociais, nesta quarta-feira (15), que está em Washington, nos Estados Unidos. Segundo ele, a agenda é para denunciar ‘a falta de liberdade de expressão no Brasil e a política externa do presidente Lula’.

Acompanhado do deputados federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), o deputado amazonense teve uma reunião com o deputado norte-americano George Santos, preso em maio deste ano e réu confesso por estelionato.  Também participaram os deputados federais Magno Malta, Júlia Zanatta e Gustavo Gayer, e do senador por Santa Catarina, Jorge Seif Junior,

O encontro ocorreu no edifício do Capitólio.

George é filho de brasileiros e também é alvo de investigação da Justiça norte-americana e responde a 13 acusações por fraude, lavagem de dinheiro e roubo de fundos públicos. 

Nas redes sociais, Alberto gravou um filho ao lado de Eduardo, filho 03 de Bolsonaro e disse que Lula envergonha o Brasil e, em declaração grave, acusou o governo brasileiro de apoiar grupos terroristas no mundo.

“O objetivo da comitiva é alertar pares no exterior sobre as ameaças internas à democracia liberal brasileira, que não podem ser minimizadas, entre elas as censura, prisões e processos arbitrários promovidos pelo STF, relacionamento com ditaduras como venezuelana, nicaraguense, cubana, chinesa e russa. E ainda a simpatia do atual governo para com grupos terroristas como as FARC colombianas e o Hamas palestino”, declarou o deputado amazonense, mesmo sem dizer quais censuras e prisões são essas e sem apresentar provas.

A viagem de Alberto Neto aos Estados Unidos ocorre em um momento que os 62 municípios do Amazonas vivem uma crise climática e de desabastecimento, devido a seca extrema dos rios, que tem isolado milhares de ribeirinhos.

Nas redes sociais, porém, o capitão não faz nenhum tipo de menção aos caos que tem se instalado no estado, diante de queimadas e fumaça que encobre Manaus e o interior do Amazonas.

O deputado também não tem participado de agendas no interior, tampouco feito falas sobre a questão que as famílias ribeirinhas vêm sofrendo.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido Jonas Santos (92) 99229-8831