Prédio histórico do Basa será recuperado e ocupado pela Prefeitura de Manaus

Arquitetura do prédio será resgatada e vai homenagear o nome do autor do projeto

Foto - Antônio Pereira / Casa Civil

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM – A Prefeitura de Manaus, por meio da Casa Civil, realizou, nesta terça-feira, 28/11, a entrega do protocolo do acordo de comodato da prefeitura, via Instituição Basa, para o Centro Cultural Severiano Mário Porto, no Banco da Amazônia S.A Basa, no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul.

O acordo prevê que o prédio histórico do Basa, localizado na avenida 7 de Setembro, na região central de Manaus, seja cedido pelos próximos 15 anos – com opção de compra no fim do período – e receberá a recuperação da arquitetura original, feita pelo autor do projeto, Severiano Porto. 

O vice-prefeito e secretário-chefe da Casa Civil, Marcos Rotta, reforçou a valorização do patrimônio cultural e histórico da cidade, e informou como será o funcionamento do antigo Basa.

“Estamos muito alegres e contentes por selar a parceria com a presidência do Basa, para revitalizarmos o prédio tombado e histórico, na rua 7 de Setembro, que pertencia ao Basa, e que será incorporado à cidade de Manaus, nesta gestão singular do prefeito David Almeida. O prédio vai funcionar como sede da Manauscult, e também como centro cultural. Sem dúvidas, é um ganho enorme para a população manauara, com mais um patrimônio sendo resgatado e protegido”, disse o vice-prefeito. 

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Osvaldo Cardoso, ressaltou sobre a conquista para Manaus e para a cultura. 

“Marco histórico para Manaus. Agradeço ao prefeito David Almeida e o nosso vice-prefeito Marcos Rotta, que encabeçaram essa árdua missão e agora estamos, literalmente, com as chaves do prédio que vai se transformar na sede da Manauscult, mas também no centro cultural Severiano Mário Porto, arquiteto que projetou esse prédio histórico”, pontuou.

Homenagem

Nascido em Minas Gerais, o “Arquiteto da Floresta” ou “Arquiteto da Amazônia” como era conhecido o Severiano Mário Porto, residiu por muitos anos na capital amazonense, foi o autor de vários projetos importantes da cidade de Manaus, como o campus da Universidade Federal do Amazonas, o Fórum Henoch Reis, o prédio da Suframa, o antigo estádio Vivaldo Lima, dentre outros. 

Para a construção da sede do Basa, integrou madeiras da região, utilizando grandes troncos e treliças ao concreto armado, transformando em um projeto arquitetônico que envolve natureza e sofisticação.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido Jonas Santos (92) 99229-8831